fbpx

Thyago Miléo conta como foi a sua participação em um dos maiores eventos do segmento do mundo

Coisas inacreditáveis podem ser encontradas na Conferência & Expo ISTE, um dos maiores eventos do segmento de Tecnologia Educacional em todo o mundo. Anualmente, a ISTE reúne ideias inovadoras e apresenta novas soluções para melhor aplicação da tecnologia ao processo educacional. O que o gerente de portfólio da Positivo Informática Tecnologia Educacional, Thyago Miléo, teve a oportunidade de conferir de perto. Isso mesmo, Thyago participou da ISTE 2016 e trouxe muitas novidades e tendências para compartilhar com a gente aqui na Revista Tecduc. Confira a entrevista!

Revista TecEduc: Quais foram as inovações tecnológicas educacionais que mais se destacaram no evento? Por quê?

Thyago Miléo: Uma, especificamente, chamou bastante a minha atenção.
Trata-se de uma espécie de touca com sensores capazes de detectar a atividade cerebral dos alunos.  Assim, durante a resolução de determinado desafio ou atividade, o aluno tem as suas correntes elétricas cerebrais medidas. E, com base nessa informação gerada, é possível detectar assertivamente os assuntos nos quais o aluno precisou raciocinar mais ou que tem mais dificuldades e afinidades.

É meio estranho pensarmos em uma sala de aula cheia de alunos utilizando esse dispositivo. De qualquer maneira, estamos vendo a tendência de aprofundamento e especialização daquilo que chamamos de aprendizagem individualizada.

Revista TecEduc: Quais as principais tendências e ideias apresentadas na Iste 2016?

Thyago Miléo: Ao todo, foram três, em minha opinião. A primeira delas se refere à robótica e coding. Havia muitos robôs programáveis e produtos cuja proposta pedagógica era centrada em programação. Surgiram também soluções de programação utilizando drones.

A segunda tendência tem a ver com a utilização de realidade virtual. Vários expositores com soluções compostas por óculos e conteúdos 360º. Tanto conteúdos feitos através de computação gráfica, quanto vídeos 360º. Interessante citar que na edição do ano passado da ISTE, havia apenas dois expositores com esse tipo de solução.

E a terceira grande tendência era a variedade de soluções de Matemática. Todas elas com propostas e abordagens diferentes, mas com a finalidade de facilitar e tornar prazeroso o aprender Matemática

Revista TecEduc: Quais os principais benefícios do uso das novas tecnologias educacionais e qual transformação pode ser esperada a partir delas?

Thyago Miléo: A tecnologia aplicada na educação, assim como em todas as demais áreas, tem de ser entendida como um meio. Um meio de facilitar, otimizar, tornar mais atrativo e natural o processo de aprendizagem. E tecnologia na educação há bastante tempo deixou de ser tendência ou possibilidade. Hoje é uma ferramenta, mais do que consolidada, que auxilia os professores a entenderem as particularidades de cada um de seus alunos, ajuda os alunos na compreensão do conteúdo, torna o aprender um processo cada vez mais intrínseco, dentre vários outros benefícios.  Mas cabe ressaltar novamente: tecnologia é uma ferramenta que, como toda e qualquer ferramenta, precisa ser encarada como um facilitador. Tecnologia é meio, e não fim!

TecEduc: O que vai ao encontro das nossas ideias e forma de trabalhar e qual ou quais soluções da Positivo Informática Tecnologia Educacional podemos destacar neste contexto?

Thyago Miléo: Eu fiquei bastante contente ao perceber na Feira que nós, da Positivo Informática Tecnologia Educacional, estamos no caminho certo e alinhados às tendências mundiais de tecnologia na educação. Provas disso são os recentes lançamentos do Na Real Educação Imersiva  e do Pense Matemática.

O Na Real Educação Imersiva, que é uma coleção de roteiros de aula que abordam temas de impacto, tem como seu item mais inovador os vídeos em 360º. Já o Pense Matemática tem como proposta ajudar os alunos a encararem a matemática como algo com sentido relevante em suas vidas, através da discussão de coisas presentes em seu cotidiano. Mas diferentemente das soluções que vi na ISTE, que tinham abordagens específicas e pontuais de certas áreas da matemática, o Pense Matemática é um programa completo.

TecEduc: O que podemos esperar para revolucionar a educação nos próximos anos?

Thyago Miléo: Eu aposto muito nos wearables: eles estão chegando com força também na educação. Já é possível imaginar algumas das aplicações da tecnologia vestível nos processos de aprendizagem. Mas é impossível, pelo menos nesse momento, enxergar o tamanho do horizonte de oportunidades que essa tecnologia vai trazer para a sala de aula.

Acredito também, que a aplicação de realidade virtual vai se aprimorar ainda mais nos próximos anos. Surgirão novas soluções que, seja por utilizarem tecnologias cada vez mais avançadas, seja por terem propostas multi-sensoriais, vão imergir ainda mais os alunos nos contextos propostos.

Assista ao vídeo que o Thyago Miléo fez em visita à feira.


E você, professor, como acha que será o futuro da educação? Compartilhe a sua opinião nos comentários.