fbpx

Metodologia 5E’s: um modelo que você precisa conhecer!

Você conhece a metodologia 5E’s adotada pela LEGO® Education? Então vem saber tudo sobre a sua  origem  e a importância de cada etapa.

O modelo de instrução 5E ganhou ainda mais popularidade em 2020 com as aulas remotas, mesmo tendo sido criado em 1987, por Rodger W. Bybee, ex-diretor executivo do Biological Sciences Curriculum Study (BSCS), o modelo de instrução 5E ainda permanece atual. Isso porque o uso dele foi projetado para facilitar o processo de mudança conceitual e traz coerência para diferentes estratégias de ensino, fornecer conexões entre as atividades educacionais e auxiliar os professores a desenvolverem as habilidades e competências do século XXI em suas atividades em sala de aula. .

Embora tenha sido desenvolvido para o ensino de Ciências, o modelo de instrução 5E é útil em todas as áreas do conhecimento, pois ele permite que os professores consigam organizar o processo de aprendizagem de uma maneira significativa ao aluno

De acordo com o BSCS, os educadores podem aplicar os 5E’s em vários níveis de planejamento , seja de uma aula específica ou em seu planejamento semanal, mensal, trimestral ou anual. Este método contribui para que o aluno tenha protagonismo em sua jornada de aprendizagem. Eles são estimulados a criar, explorar, investigar, levantar hipóteses de uma maneira autônoma e compartilhada com seus colegas e professores.

Com todos esses benefícios, logo o modelo de Bybee serviu como referência para a metodologia 5Es adotada pela LEGO® Education. É uma conexão perfeita com os valores educacionais da LEGO® Education como por exemplo o STEAM e Learn Through Play.

O consultor pedagógico Daniel Langemann Bandt explica que os 5E’s complementam a metodologia já conhecida dos 4C’s da LEGO® Education (Conectar, Construir, Contemplar e Continuar). “Os 4C’s ainda permanecem como uma metodologia válida. Contudo, os 5E’s permitem uma abrangência no que se refere ao processo de aprendizagem. Os 4C’s estão contidos nos 5E’s”, conta Bandt. 

Ele explica que, de forma geral, os 5E’s permitem que o professor organize suas atividades de uma maneira processual e objetiva. Para ele, uma das principais características desta metodologia é a ênfase na avaliação como um processo dinâmico e interativo, ela acontece no decorrer da atividade proposta.

Daniel ainda pontua: “é importante considerar que a avaliação também tem uma característica bem particular, ela não se estabelece apenas na relação professor/aluno, mas também aluno/aluno, grupo/aluno, grupo/grupo”. Isso demonstra que o modelo 5E também se preocupa em estruturar o aprendizado com a finalidade de desenvolver as habilidades e competências para o século XXI como por exemplo a capacidade de se comunicar, argumentar, possibilidade de interação mediante ao diálogo e discussões entre os estudantes.

Além disso, o método pode ser aplicado em qualquer cenário educacional, seja ele presencial, remoto ou híbrido. “Essa metodologia é super versátil e pode ser usada em todos os níveis e modelos de ensino! Ela com certeza contribui para que o professor organize suas atividades e tenha uma sequência pedagógica significativa e assertiva”, explica Bandt.

aprendendo-com-LEGO

Agora que sabemos de seus benefícios, vamos ver todos os 5E’s? Conheça cada umas das etapas:

Engaje (Envolver) – Para sensibilizar o aluno sobre um determinado assunto ou conteúdo. Assim o aluno terá interesse em participar, estará engajado e se sentirá confiante para a aula.

Explore (Explorar) – Para o aluno desenvolver habilidades de trabalho em equipe, concentração, investigação científica e resolução dos problemas. Nessa etapa o aluno é desafiado a utilizar diferentes recursos, ferramentas e ideias para resolver uma situação problema. Essa etapa é importante também para que o aluno saia do senso comum, que ele pense diferentes estratégias que podem ser adotadas.

Explain (Explicar) – Para o aluno desenvolver habilidades de comunicação, argumentação, persuasão, sua oratória e retórica e até mesmo saber falar em público, lidar com aspectos emocionais como nervosismo, medo, ansiedade. É também uma etapa importante do trabalho colaborativo, pois aqui os alunos podem debater, discutir com o objetivo de solucionar algum tipo de problema. Ele também é desafiado a demonstrar o conhecimento que construiu nas fases anteriores.

Elaborate (Elaborar) – Para que os alunos consigam estruturar os conhecimentos adquiridos nas etapas anteriores. Aqui o aluno irá organizar de uma maneira sistemática suas ideias e hipóteses. Aqui ele utiliza tanto a aprendizagem que construiu a partir das suas pesquisas de forma individual como também leva em conta os feedbacks, críticas e sugestões levantadas por seus colegas e professores. Essa etapa permite ir além do básico, construindo um conhecimento mais sólido e aprofundado.

Evaluate (Avaliar) – Por mais que esteja descrito como processo final, o Avaliar na modelo 5E se aplica em todas as etapas anteriores. A avaliação aqui não consiste em dar uma nota final ou medir o conhecimento específico do aluno em um assunto. Ela consiste na percepção de um processo de aprendizagem, onde o aluno é avaliado na sua habilidade em trabalhar em equipe, lidar com a frustração, receber feedbacks, levantar hipóteses, realizar investigações científicas, se comunicar e tornar compreensível seu conhecimento adquirido. Neste formato o aluno percebe que a avaliação não é nota, mas sim uma parte importante no seu processo de conhecer. Também não é uma impressão apenas do professor, o aluno recebe feedbacks de seus colegas e da sua turma também. Todos participam ativamente no processo avaliativo que não é estático mas sim dinâmico no desenvolvimento das atividades.

Demais, não é? Agora veja como o modelo 5E aliado à metodologia da LEGO® Education podem potencializar o desenvolvimento dos seus alunos: