fbpx

Resultados do PISA: Como mudar a realidade do Brasil?

por | 04 / dez / 19 | Giro TE

Avaliação mostra que Brasil continua abaixo da média da OCDE na Educação.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou nesta semana o relatório Pisa 2018 (Programa Internacional de Avaliação de Alunos). Esse relatório avalia o desempenho de 600 mil estudantes, com 15 anos, em 80 países, incluindo o Brasil, em leitura, matemática e ciências.

O exame é realizado a cada três anos e nesta edição (aplicada no ano passado) a ênfase foi a proficiência em leitura. A avaliação elencou como destaque negativo a baixa compreensão na leitura e o mau comportamento em sala de aula. O resultado foi chocante e revelou que apenas 2% dos estudantes brasileiros estão acima do nível adequado e 43% estão abaixo do mínimo esperado. 

Em 2018, a disciplina escolhida foi Leitura, na qual o Brasil ficou na 54ª colocação do ranking, com nota 413 (seis pontos a mais do que o resultado brasileiro em 2015, quando o país teve nota 407). A média da OCDE nesse quesito foi 487.

Em Matemática, a nota geral brasileira avançou de 377 para 384 – mas ainda abaixo da média da OCDE, de 489. Já em Ciências, os brasileiros foram de 401 pontos, em 2015, para 404, em 2019. O índice, porém, ainda é muito abaixo da média dos países nessa área (489).

Apesar de algumas melhoras o desempenho do Brasil continua ruim e está entre os 20 piores no ranking das três áreas analisadas.

Ainda que a aplicação do exame seja criticada por alguns profissionais, devido às condições e realidades diferentes de cada país, é notável que o nível socioeconômico dos jovens tem impacto nos resultados. Aqueles em situação de maior vulnerabilidade apresentam notas mais baixas do que aqueles mais favorecidos.

O que sua escola tem feito para mudar esse cenário?

Assista abaixo como o Colégio Adventista de Curitiba (PR) utiliza o Aprimora com suas turmas do Ensino Fundamental e tem visto, na prática, mudanças positivas acontecerem na rotina das aulas de Língua Portuguesa e Matemática.

.
.
.

Tecnologia Educacional

Tecnologias e soluções atuais, personalizadas, e que garantem bom rendimento dos alunos em sala dentro e fora da sala de aula. 

APRIMORA

A plataforma promove o desenvolvimento de habilidades e aprendizagem de Matemática e Língua Portuguesa em alunos do Ensino Fundamental. Por meio de uma plataforma adaptativa, suas atividades respeitam o ritmo e conhecimentos de cada estudante. Cada aluno é um indivíduo independente e o Aprimora ajuda cada um a traçar a sua própria trajetória de aprendizagem. Com isso os alunos sentem-se mais motivados e que os professores acompanhem de perto o desempenho de cada aluno, por meio de relatórios e diagnósticos completos.

PENSE MATEMÁTICA

Esse programa multiplataforma de matemática para escolas tem como objetivo dar sentido à aprendizagem da disciplina, tornando o processo muito mais encantador e envolvente. Estão reunidos uma série de recursos pedagógicos para desenvolver o pensamento matemático dos alunos e, com a criação de um programa complementar à grade curricular, certamente os alunos se interessem muito mais desde os primeiros anos escolares. 

por | 04 / dez / 19 | Giro TE

Schood e Positivo Tecnologia recebem prêmio por inovação

Entrega da premiação do Anuário Tele.Síntese de Inovação em Comunicação 2019", aconteceu em São Paulo (SP) e reuniu grandes nomes da tecnologia. Nos representando estavam: Rebeca Barbalat, diretora de Produtos, e Thyago Taher, gerente de Produtos.  No início do mês de...