fbpx

Educadores vão descobrir um novo mundo de possibilidades sobre o ensino da robótica e da metodologia STEAM com o  SPIKE™ Prime 

Para incentivar as escolas do Brasil a investirem na metodologia STEAM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática) a LEGO® Education tem uma nova aposta: o SPIKE™ Prime que combina  os blocos de construção coloridos a um hardware fácil de usar e uma linguagem de programação intuitiva baseada no Scratch.

 

CONHEÇA O LANÇAMENTO MUNDIAL DA LEGO® EDUCATION SPIKE™ PRIME

 

“O conjunto SPIKE™ Prime estimula os alunos a pensarem criticamente e a resolver problemas complexos, independentemente de seu nível de aprendizagem. Assim, os projetos são estruturados a partir da metodologia STEAM,  trabalhando com a integração de diferentes áreas de conhecimento, criando infinitos cenários e possibilidades de aprendizado. Por isso, ele permite aplicar a metodologia STEAM em sala de aula e os alunos podem relacionar diferentes áreas em cada projeto que realizam”, explica Daniel Langemann Bandt, consultor pedagógico da Tecnologia Educacional.

Por isso, 150 escolas foram selecionadas para participar da ação mundial da LEGO® Education, no Brasil chamada de SPIKE™ Lovers. Durante quatro semanas os educadores vão receber capacitação e terão que cumprir desafios que vão da criação de planos de aula, aplicação das atividades e a elaboração de um projeto completo para os alunos.

 

PRIMEIRAS IMPRESSÕES DO SPIKE™

O professor de robótica educacional do Colégio Luterano Concórdia, Gilmar Alves Ferreira, de São Leopoldo no Rio Grande do Sul, é um dos 150 participantes da iniciativa e contou que a escola está super empolgada com a ação. “Minhas primeiras impressões sobre o SPIKE™ são maravilhosas. É excelente kit de robótica educacional com muitos recursos para explorar a criatividade”, acrescentou.

 

DO FUNDAMENTAL AO MÉDIO SPIKE™ PRIME VAI IMPULSIONAR O APRENDIZADO STEAM

O professor de robótica educacional Gilmar Alves Ferreira se tornou um verdadeiro SPIKE™ Lovers.

 

Gilmar já cumpriu os primeiros desafios e disse que a experiência foi excelente. “O robô que montei foi o ‘Chuva ou Sol’ com objetivo de saber se estava chovendo ou se estava sol em determinada cidade do Brasil. Não senti dificuldades na montagem, mas fiquei impressionado com a gama de recursos que o SPIKE™ Prime oferece, tanto estruturalmente como na programação, além  ser muito bonito”, destacou.

 

“Espero obter mais conhecimentos em educação tecnológica através do SPIKE™, pois é sensacional estar participando desse programa. A cada montagem uma nova experiência e um novo olhar criativo em prol da robótica educacional” 

Professor Gilmar Alves Ferreira, participante da ação global SPIKE™ Lovers

O consultor pedagógico Daniel reforça que a grande diferença do SPIKE™ é que ele permite uma abordagem simples de programação aos alunos. “Os estudantes conseguem se identificar e usar o robô de uma maneira divertida e estimulante.  Isso faz com que os alunos se sintam mais confiantes em usar e os professores mais seguros em relacionar a robótica em suas atividades curriculares”, acrescenta.

 

“O SPIKE™ Prime permite a democratização da robótica na escola. Assim todos os níveis, segmentos, alunos e professores podem se beneficiar da robótica em seus processos de aprendizagem.” 

Consultor pedagógico Daniel Langemann Bandt

Para o professor Gilmar, que está conhecendo o SPIKE™, o projeto pode transformar a educação, estimulando a criatividade, trabalhando a interdisciplinaridade e auxiliando na educação do trabalho em equipe. “Com ele conseguimos trabalhar  a automação e a programação de uma forma lúdica, estimulando uma aprendizagem significativa aos alunos”, finaliza.

Atividades lúdicas, pensamento crítico, resolução de problemas complexo e programação, com  SPIKE™ Prime  os alunos aprendem as habilidade sais essenciais do século 21 enquanto se divertem.

Educação pós-pandemia: a escola e a tecnologia

Por Edson Oliveira Hecke Santos Vivemos a experiência de tempos confusos, recorrentes em períodos de transição entre as diferentes formas de se viver em sociedade. O ano de 2020 iniciou com um desafio que a educação brasileira apenas ensaiava, mais especificamente nos...